Vai nascer um condomínio na Antiga Fábrica do Prado em Matosinhos

A Antiga Fábrica do Prado encerrou há cerca de 20 anos.

Matosinhos vai receber mais um condomínio, o empreendimento vai nascer na antiga Antiga Fábrica do Prado, contará com 30 apartamentos e está localizado numa das principais avenidas daquela cidade e a apenas 200 metros da praia. O valor do investimento não foi revelado.

A antiga fábrica de conservas de sardinha está a ser totalmente reabilitada e dará lugar a um dos condomínios mais trendy de Matosinhos Sul. Um ícone da cidade, após 20 anos votado ao abandono, o espaço ganha agora uma nova vida pela mão da Qualive, promotora imobiliária do Porto, que, a partir de um projeto de reabilitação criado por Maria Vasconcelos, arquiteta principal da Q.Arch, subsidiária de arquitetura e design da Qualive, está a transformar este património industrial num dos condomínios mais trendy da cidade. O projeto foi idealizado a pensar nas famílias e profissionais que ambicionam viver a dois passos da praia sem perder as vantagens da proximidade ao centro da cidade. A comercialização está a cargo da JLL e da Predibisa.

Este edifício industrial acolheu durante várias décadas, a antiga fábrica de conservas Prado, que aí laborou desde a sua fundação em 1934 até ao encerramento no início da década de 2000. Honrando a importância histórica do edifício, este projeto de reabilitação irá também manter a forte identidade industrial do seu passado fabril. Evocando antigas técnicas construtivas portuguesas tipicamente encontradas em instalações industriais, mas recorrendo às mais modernas técnicas e soluções do século XXI, ali serão recriados alguns dos elementos mais marcantes do passado do edifício, como paredes de alvenaria em tijolo vermelho e tetos abobadados com vigas preenchidas em arcos de tijolo, bem como as antigas caixilharias e grelhas exteriores.

Segundo o comunicado da JLL, o projeto de reabilitação irá manter a fachada original da fábrica e assim preservar o seu carácter, adicionando luminosos jardins nas alas sul, este e oeste do edifício. A intervenção irá reconfigurar os interiores do edifício, sendo ali criados 30 novos apartamentos com tipologias T1 a T5, que terão em comum as vistas para os jardins interiores e partilharão o acesso a um espaço de coworking, ginásio, estacionamento e piscina.

O condomínio Antiga Fábrica do Prado encontra-se numa das principais avenidas de Matosinhos, a apenas 200 metros de uma das mais conhecidas praias do Grande Porto e a uma curta distância do Parque da Cidade, o maior parque urbano do país e um refúgio ideal para quem quer passear ou exercitar-se em atividades ao ar livre.

De acordo com Patrícia Barão, Head of Residential da JLL, “Não é todos os dias que temos o privilégio de comercializar um projeto desta natureza. A Antiga Fábrica do Prado conjuga muito bem a identidade industrial original do edifício com uma arquitetura contemporânea, ao mesmo tempo que devolve um legado histórico à cidade. Além disso, tem uma localização privilegiada, próxima do mar e de uma vasta rede de comércio e pontos de lazer de referência, sem perder a vantagem de estar perto do centro do Porto. É uma excelente oportunidade de habitação, tanto para profissionais que abraçam o trabalho remoto, como para as jovens famílias que procuram as melhores condições para criar os seus filhos num estilo de vida ativo”.

Ana Jordão, responsável pelo departamento de empreendimentos da Predibisa, salienta que “este é um projeto que concilia o passado histórico da indústria conserveira com a contemporaneidade da arquitetura de Matosinhos. O resultado final surpreende com um empreendimento atrativo e atual, quer pelas características de condomínio fechado com zonas exteriores e piscinas privativas, quer pela escolha singular dos materiais. A sua localização privilegiada, junto ao mar e ao Parque da Cidade, assegurará uma excelente qualidade de vida às famílias ativas num refúgio cosmopolita e exclusivo”.