Rendas das casas sobem 2,8% em agosto

De acordo com o INE nenhuma região registou variação negativa do respetivo valor médio das rendas de habitação.

 

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), em agosto “todas as regiões apresentaram variações homólogas positivas das rendas de habitação, tendo Lisboa e os Açores registado os aumentos mais intensos (3,1%)”.

As rendas das casas subiram 2,8% em agosto, comparativamente com o período homólogo de 2021, e superaram os 2,7% de julho.

Quanto ao valor médio das rendas de habitação por metro quadrado, registou uma subida mensal de 0,3%, valor idêntico ao do mês anterior.

A região com a variação mensal positiva mais elevada foi a dos Açores (0,6%), não se tendo observado qualquer região com variação negativa do respetivo valor médio das rendas de habitação, conclui o INE.