Reabilitação Urbana aumenta 5,6% em agosto

No mês de agosto registam-se aumentos nos principais indicadores qualitativos.

São estes os dados apresentados no Barómetro de Reabilitação Urbana, realizado pela AICCOPN (Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas). Segundo os dados obtidos no inquérito mensal ao mercado da Reabilitação no mês de agosto de 2021, realizado junto dos empresários do Setor que atuam neste segmento de atividade, registam-se aumentos, nos principais indicadores qualitativos, em termos homólogos.

De acordo com a análise, o índice que mede a evolução do Nível de Atividade regista uma taxa de crescimento de 5,6%, comparativamente a agosto de 2020, variação ligeiramente abaixo à registada no mês anterior (6,0%).

Quanto ao índice Carteira de Encomendas, a AICCOPN observa uma variação homóloga de 8,3%, o que demonstra uma aceleração face ao aumento de 6,3% estimado em julho.

No que respeita à produção contratada, o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, segundo o Barómetro de Reabilitação Urbana situou-se em 8,7 meses, correspondendo a um decréscimo de 2,2%, em comparação a agosto de 2020.