Preço das casas aumenta 2,5%

O resultado é divulgado no Índice de Preços Residenciais para Portugal Continental e confirma a trajetória ascendente.

O Índice de Preços da Confidencial Imobiliário avança que a variação mensal registada em maio no preço de venda de casas dá continuidade à trajetória de forte crescimento dos últimos meses e é uma das mais robustas dos últimos quatro anos. Ao longo desse período, apenas precisamente há um ano e no final de 2018 se observaram variações mensais idênticas.

Em resultado do ritmo intenso de aumentos mensais verificado nos últimos meses, o preço das casas evidencia já um crescimento de cerca de 10% no acumulado de 2022, até maio. Em termos homólogos (maio 2022 vs maio 2021), o incremento é de 17,6%, uma valorização que iguala a marca máxima alcançada por este indicador no pré-Covid.

As vendas de habitação alcançaram, assim, um preço médio de 2.007€/m 2 no país em maio, considerando um acumulado de três meses, de acordo com os dados mais recentes do SIR- Sistema de Informação Residencial. Este é já o terceiro trimestre em que as transações se realizam por valores superiores a 2.000€/m 2, algo que aconteceu, pela primeira vez, no período final de 2021, confirmando-se nos primeiros três meses de 2022 e agora novamente.