Montepino chega a Portugal com investimento de cerca de 150 milhões de euros na aquisição de terreno em Lisboa

O ativo, com uma área de quase meio milhão de metros quadrados, encontra-se totalmente licenciado e espera-se que a construção comece ainda este ano.

Os gestores da carteira logística da Montepino, o Bankinter Investment e a Valfondo, acabam de anunciar o primeiro projeto internacional da Montepino, com a aquisição de um terreno em Lisboa com uma área de quase meio milhão de metros quadrados. A empresa é um dos maiores proprietários de imóveis logísticos em Espanha.

Ao que o Brainsre News Portugal apurou, o investimento do primeiro projeto da Montepino fora das fronteiras de Espanha, estrategicamente localizado na autoestrada A1 que liga Lisboa ao Porto, situa-se na ordem dos 150 milhões de euros.

O ativo encontra-se totalmente licenciado e espera-se que a construção comece ainda este ano. Em causa está um terreno com uma superfície de 414.000 m2 e uma área arrendável de 147.000 m2 que passará a fazer parte da carteira logística da Montepino.

Como planeado, a empresa chega a Portugal, com a aquisição do terreno em Lisboa, naquela que já se tornou, de acordo com a informação, a operação logística mais importante da última década no país.

O projeto que conta com uma localização estratégica junto da autoestrada A1 que liga Lisboa ao Porto, em Castanheira do Ribatejo, e onde esta se cruza com a A10, a autoestrada que liga Lisboa a Espanha e ao Algarve, está integrado numa área que concentra mais de 60% do parque logístico de Lisboa, distrito que aglomera mais de 80% do parque logístico português.

A Valfondo planeia iniciar as obras ainda durante o presente ano, sendo que o lote já dispõe de todas as licenças e as obras de urbanização estão atualmente em curso, com um progresso de mais de 60%. De momento já estão em curso negociações com potenciais inquilinos que demonstraram interesse no projeto.

Sendo este um salto definitivo da Montepino para o panorama imobiliário logístico internacional, depois de se ter tornado um dos principais promotores e gestores de ativos especializados em logística em Espanha, este projeto em Portugal, “Representa a materialização da estratégia de internacionalização que lançámos no início deste ano para diversificar as nossas operações, tanto em termos de localizações como de potenciais clientes”, salientou Juan José Vera, diretor da Montepino e CEO da Valfondo.

De acordo com Ben Alogo, diretor de expansão internacional da Valfondo,”esta compra representa uma entrada sólida em Portugal que nos permitirá utilizar as nossas capacidades num grande projeto gerador de valor no país. Temos planos de implementação a longo prazo em Portugal com um modelo testado com sucesso em Espanha”.

Gerida pela Valfondo Gestión, a Montepino Logística, tornou-se, após quase duas décadas, um dos maiores proprietários de imóveis logísticos em Espanha, promovendo soluções nacionais e internacionais para os principais prestadores de serviços de logística que operam em Espanha, bem como para algumas das principais empresas do setor terciário e industrial.

Em maio de 2021, o Bankinter Investment, juntamente com a Valfondo e outros investidores (banca privada e clientes institucionais do Bankinter), organizou a compra da plataforma logística da Montepino, a fim de reforçar e promover o plano de crescimento da Montepino Logística, tornando-se assim parceiros estratégicos.

Nos últimos anos, a Montepino tem conseguido absorver 50% da procura imobiliária no sector logístico na zona central da Península e desenvolver um milhão de metros quadrados de espaço logístico, tornando-se a empresa líder no desenvolvimento de projetos “chave-na-mão” em Espanha.