IPSS investe 5 milhões de euros na construção de Unidade de Apoio às Demências em Viana do Castelo

O projeto de construção da unidade de apoio às demências vai integrar a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados.

O Presidente do Instituto São João de Deus, Vítor Lameiras, anunciou que a instituição vai construir uma unidade de apoio às demências na freguesia da Meadela, em Viana do Castelo, num investimento estimado entre 4 a 5 milhões de euros, que deverá ser inaugurado em 2023. Segundo o responsável, o investimento será realizado num terreno entre a Igreja e o Centro Social e Paroquial da Meadela.

O projeto de construção da unidade de apoio às demências, a integrar na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), deverá ter até 24 camas de apoio máximo, agregando uma unidade de apoio moderado até 16 camas e ainda uma resposta de internamento na área das demências.

De acordo com Luís Nobre, Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, “É de uma felicidade incrível, no meu primeiro ato público estar um compromisso que assumi na campanha eleitoral na área da saúde para disponibilizar um serviço de saúde na cidade e para servir o distrito em área muito específicas e emergentes que a Segurança Social identificava como necessárias. Um conjunto de valências que estavam identificadas como prioritárias. Começamos a criar condições para que se concretizem”.

O Instituto S. João de Deus é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) da área da saúde que presta cuidados em regime de internamento a cerca de 2.000 pessoas nos âmbitos da psiquiatria e saúde mental, cuidados continuados e cuidados paliativos.