Imóveis mais caros são os mais procurados no Verdelago Resort

Os apartamentos de tipologia T3 já estão esgotados.

O mais recente empreendimento de luxo em construção em Castro Marim, no Algarve, está a ser um sucesso de vendas, com as habitações mais caras no topo da procura, essencialmente dominada por portugueses. Existem também interessados de outras nacionalidades, nomeadamente belgas, holandeses, franceses e ingleses. Das primeiras 102 unidades residenciais turísticas que farão parte do empreendimento, 80% já estão vendidas ou reservadas.

O Verdelago Resort será desenvolvido em várias fases, e contará com um aldeamento turístico e um hotel de 5 estrelas, com relevo ímpar para todo o Sotavento Algarvio. O investimento, estimado na ordem dos 270 milhões de euros, é o maior alguma vez realizado nesta zona do Algarve. O Verdelago Resort terá 340 unidades residenciais turísticas e um hotel de cinco estrelas com 197 quartos. Este Resort de Natureza de luxo está inserido em mais de 85 hectares de área, com apenas 8,7% de índice de construção, conta com uma localização privilegiada, a 500 metros da praia e com uma frente de mar de mais de 1 Km de extensão.

Segundo Paulo Monteiro, diretor-geral do Verdelago Resort “São estas condições únicas que justificam o elevado sucesso deste projeto”. O responsável acrescenta que “A sua localização extraordinária, a forte aposta na sustentabilidade, o facto de privilegiarmos a natureza ao estarmos inseridos numa propriedade com mais de 85 hectares de enorme biodiversidade e com um índice de construção de apenas 8,7% e as características únicas de arquitetura sustentável fazem deste projeto um caso único no mercado”.

As tipologias mais exclusivas, com maiores áreas interiores e exteriores e também mais caras são aquelas que registam maior procura nesta fase, como é o caso dos apartamentos T3 (esgotados) com preços a partir de 920.000,00€ e das townhouses V3, (mais de metade vendidas ou reservadas) com preços a partir de 820.000,00€.

O Verdelago Resort é também o primeiro Resort Turístico no País a aderir à Certificação Green Globe desde a fase  da construção, uma das mais exigentes certificações internacionais de turismo sustentável e membro afiliado da Organização das Nações Unidas para o Turismo (OMT).