Empréstimos no crédito à habitação registam aumento

Empréstimos aos particulares continuam a acelerar nas finalidades habitação e consumo

Os dados são do Banco de Portugal que publicou hoje as estatísticas de empréstimos e depósitos bancários de empresas e particulares atualizadas para outubro de 2021.De acordo com a análise, os empréstimos aos particulares continuam a acelerar nas finalidades habitação e consumo.

A concessão de empréstimos aos particulares continuou a aumentar, em outubro de 2021.  No que diz respeito aos empréstimos para habitação, os mesmos cresceram 4,4% em relação a outubro do ano anterior.  O valor subiu para 96,3 mil milhões de euros (tinham aumentado 4,3% no mês anterior) e os empréstimos ao consumo cresceram 1,7% em comparação a outubro de 2020, para 19,2 mil milhões de euros (tinham crescido 1,5% no mês anterior).

Por setor de atividade, a análise do Banco de Portugal mostra que, desde o início da pandemia, os empréstimos concedidos às empresas de alojamento e restauração são os que têm crescido de forma mais expressiva, em resultado das linhas de apoio à economia.