Cushman & Wakefield anuncia ocupação a 100% no Liberdade Street Fashion

O espaço engloba comércio e escritórios, que beneficiam de um parque de estacionamento público com capacidade para albergar cerca de 300 viaturas.

A consultora Cushman & Wakefield, anunciou a ocupação a 100% dos espaços destinados ao retalho do Liberdade Street Fashion, tendo sido arrendados os últimos dois imóveis à Springfield e Lanidor.

O Centro Comercial, localizado em Braga, conta com uma área total destinada ao retalho de 7.200 m2, distribuídos ao longo de 18 espaços, e alberga retalhistas nacionais e internacionais, como Massimo Dutti, Globe, Tiffosi e Bertrand. Por ser um espaço comercial multiusos, engloba comércio e escritórios, beneficiando de um parque de estacionamento com capacidade para acomodar cerca de 300 viaturas.

A ocupação total da área destinada a retalho, foi possível uma vez que os dois últimos espaços foram arrendados à Springfield e Lanidor. Esta última, possui uma área de 160 m2, tendo sido inaugurado no mês passado.

A Cushman & Wakefield, em parceria com o proprietário do espaço comercial, foi promovendo, ao longo dos últimos anos, diversas iniciativas e alterações, nomeadamente a concentração do retalho no nível térreo, a área destinada à restauração numa única localização, com direito a esplanadas, e a transformação do segundo piso em escritórios.

De acordo com André Navarro, Head of Retail Asset Services da Cushman & Wakefield Portugal, “A Lanidor e a Springfield são marcas de prestígio com quem temos uma boa relação há vários anos, e ficámos duplamente satisfeitos por promover estas aberturas: trouxemos dois inquilinos de topo ao proprietário do Liberdade Street Fashion, continuando a melhorar o mix comercial do conjunto, e, ao mesmo tempo, fomos ao encontro dos planos dos lojistas, assegurando a sua presença neste edifício emblemático do centro de Braga.”