#Brainsflash

A destacar a venda da Herdade do Vale Feitoso por 25 milhões de euros.

Com a primeira semana de agosto a iniciar, o Instituto Politécnico de Setúbal anunciou a construção de residências estudantis no Barreiro e Sines e também a ampliação da unidade em Setúbal. As candidaturas foram recentemente aprovadas e contam com o financiamento do PRR num montante de cerca de 9 milhões de euros. O Instituto Politécnico de Setúbal prevê que as novas residências possam começar a ser ocupadas a partir de dezembro de 2023.

Entretanto, no segmento habitacional, Vila Real de Santo António prevê um investimento de 101 milhões de euros. A Estratégia Local de Habitação visa beneficiar agregados familiares na freguesia de Monte Gordo, freguesia de Vila Nova de Cacela e em Vila Real de Santo António. O investimento destina-se a apoiar 812 agregados familiares, mais de 2.000 pessoas que serão beneficiadas por estas medidas. O investimento é financiado em 100% pelo PRR (Plano de Recuperação e Resiliência), através do programa 1.º Direito.

Também no início da semana, Sintra anunciou que vai avançar com um investimento de 10 milhões de euros num novo edifício municipal. É no antigo complexo da Fábrica da Messa que nasce o novo projeto que poderá acolher 600 trabalhadores entre distintas áreas. O edifício está inserido num lote de 1,6 hectares e conta com uma área de construção aproximada de 5000m2 . Com prazo de conclusão previsto para o início de 2025, foi apresentado o projeto para o novo edifício municipal da Messa, durante a presidência aberta, promovida pela Câmara Municipal de Sintra na freguesia de Algueirão Mem-Martins.

No dia seguinte, a Coporgest avança com a conclusão de um projeto residencial de 27 milhões de euros. O Sottomayor Premium Apartments beneficia de uma das melhores localizações em Lisboa e destina-se ao segmento alto. O empreendimento é composto por 43 apartamentos, desde T1 a T3. O projeto foi distinguido como o “Melhor Projeto de Renovação Residencial em Portugal”, pelos European Property Awards 2019-2020. Apenas três frações ainda se encontram disponíveis para venda, tendo as restantes sido vendidas por valores que variaram entre os 420 mil euros e 1,75 milhões de euros.

Por último e já no final da semana, foi anunciado que a Herdade do Vale Feitoso foi vendida por 25 milhões de euros. A espanhola Tenigla, vendeu a maior propriedade privada de Portugal, uma herdade com mais de 7.300 hectares que foi agora adquirida pelo empresário português Ricardo Machado. O novo proprietário irá gastar 50 milhões de euros para melhorar a propriedade, com um plano que inclui a instalação de novas culturas, reflorestação e ações destinadas a impulsionar a produção da propriedade.