#Brainsflash

A destacar o anúncio da CMV – Construções Vila Maior – de que vai investir €140M até 2024 na construção de 15 edifícios no Grande Porto.

A passada semana manteve-se calma no mercado de investimentos e transações. No entanto, logo no início da semana, a Mercan Properties anunciou o investimento de 16,8 milhões de euros no Holiday Inn Express em Évora, que tem abertura prevista para o Verão de 2023. Este é o segundo projeto da Mercan Properties na cidade que detém o estatuto de Património Mundial da UNESCO, após o Hilton Garden Inn Évora, cuja primeira pedra foi colocada em 2021.

O empreendimento, que criará cerca de 100 postos de trabalho, 70 destes durante a fase de construção, e mais 30 postos de trabalho permanentes, a serem criados assim que o hotel abrir, resulta de uma parceria com a IHG Hotels & Resorts (IHG).

Entretanto, a OSQUARED, membro do Omer Group Investments, fundado pelo empresário israelita Eli Omer, vai reforçar o investimento no Porto com o projeto OLIMPO Porto. O empreendimento residencial, implantado numa área de 12.000m2, vai ser composto por mais de uma centena de estúdios T1 localizados junto à Estrada da Circunvalação e a poucos minutos de alguns dos locais mais emblemáticos da cidade Invicta. Não foram revelados os valores do investimento.

No dia 21 de junho, a Câmara Municipal de Oeiras anunciou que vai assinar com o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) contratos de financiamento para a construção, até 2024, de 92 casas de arrendamento apoiado, num investimento global de cerca de 19,2 milhões de euros. O projeto conta ainda com uma comparticipação financeira do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) estimada em 15,8 milhões de euros.

Quase no final da semana foi revelado que a Traçado Regulador está a desenvolver um novo projeto para a construção de um edifício habitacional de luxo no Oeiras Golf & Residence. As 22 frações previstas terão áreas compreendidas entre os 100m2 e os 200m2 e tipologias entre T2 e T4. O Brainsre News não teve acesso aos valores do investimento.

A semana fechou com a notícia de que o grupo CVM – Construções Vila Maior – vai investir 140 milhões de euros, até 2024, na construção de 15 edifícios na área do Grande Porto, o correspondente a 825 frações, das quais 425 já estão em curso e as restantes 400 irão iniciar-se até final do 1º trimestre de 2023.

O Grupo anunciou também a entrada na área do arrendamento industrial, onde investirá 15 milhões de euros, até final de 2023, em Santa Maria da Feira – Parque Empresarial A32, com 25.000m2 – sendo sua intenção continuar a comprar e a apostar no segmento com a compra de novos ativos.