#BrainsFlash

Aldi investe 60 milhões de euros no seu maior centro de distribuição.

Após o primeiro trimestre do ano, em que ainda estão a ser lançados muitos dados estatísticos, esta última semana do mês foi muito serena no que toca a investimentos no mercado imobiliário. Ainda numa fase de transição após o período da Páscoa e com um feriado no início da semana, estes últimos dias foram, de facto, muito tranquilos nas transações e operações na maioria dos segmentos do imobiliário.

A destacar o anúncio de que o Aldi investiu 60 milhões de euros no seu maior centro de distribuição. Localizado na Moita, o entreposto vai permite abastecer de forma mais rápida as mais de 100 lojas da Aldi em Portugal, num investimento que ascende aos 60 milhões de euros. A retalhista alimentar indica ainda que o centro, com uma área de 57 mil metros quadrados, vai permitir abastecer de forma mais rápida e eficiente as lojas espalhadas pelo país. A estrutura foi desenhada para suportar o abastecimento a mais de 150 lojas no país, e surge pela necessidade de apoiar o plano de expansão da Aldi em Portugal, plano que estima atingir as 200 lojas em 2025.

Já no final da semana, Grupo Domingos Névoa, anunciou que adquiriu dois centros comerciais por mais de 20 milhões de euros. O grupo adianta que o investimento global nestas transações ultrapassou os 20 milhões de euros. Após compra do Braga Retail Center chegou a vez do Mira Maia Shopping. O grupo bracarense tem a intenção de reforçar presença nesta área de negócio. Depois de ter adquirido o Braga Retail Center. O Mira Maia Shopping, inaugurado em 2009 pela falida FDO, num investimento de 45 milhões de euros, era até agora gerido pela Inogi – Asset Management. O ativo que acabou de ser comprado pelo Grupo Domingos Névoa tem localização próxima do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, conta 19 mil metros de área bruta locável, cerca de 80 lojas e disponibiliza aproximadamente de 850 lugares de estacionamento.