169 mil pessoas contraíram um crédito à habitação em 2022

Face a 2022 este valor representa um aumento de 2 mil pessoas.

Segundo os dados avançados pelo Banco de Portugal – BdP, em 2022, 169 mil pessoas contraíram um crédito à habitação, um aumento de duas mil pessoas face a 2021.

Das 169 mil pessoas que contraíram um crédito à habitação em Portugal em 2022, 16 mil são estrangeiros, o que significa que o montante dos créditos que contrataram corresponde a 14% do total.

De acordo com os dados avançados pelo BdP, cerca de 61% do crédito à habitação concedido em 2022, foi contratualizado com pessoas com idade até 40 anos, sendo que até aos 30 anos esse valor fica nos 19%.

No que diz respeito ao total do crédito à habitação concedido, o valor mediano do contrato aumentou para 112 mil euros (2022), face aos 100 mil euros em 2021.

No ano passado, 14% do crédito à habitação em Portugal foi concedido a estrangeiros, um aumento quando comparado com os 10,8% registados em 2021. Ao analisar o montante concedido, o Brasil lidera, com 20%, seguido do Reino Unido (12%) e os Estados Unidos (9%). Em 2021, em termos de pessoas, 7,25% das que contraíram crédito não em de Portugal, um valor que aumentou o ano anterior (9,5%).

Ao analisar por região, duas em cada três pessoas que obtiveram um crédito à habitação residiam na região Norte e na Área Metropolitana de Lisboa.